[ editar artigo]

Motivos de falência das startups

Motivos de falência das startups

 

STARTUPS são vetores de DISRUPÇÃO e, por isso, atraem a atenção de todo o mercado, em todas as áreas de negócios: fintechs, agritechs, martechs, enertechs, healthtechs, e por aí vai.

⁉️ No entanto, por mais promissores que esse tipo de empresa seja, fundar uma startup NÃO é SINÔMINO AUTOMÁTICO de SUCESSO — muito pelo contrário! O ESFORÇO para tornar uma startup em sucesso depende de inúmeros fatores. E quais são eles?

📍 Depois de pesquisar centenas de startups que faliram, a CBInsights elaborou uma lista com os TOP 12 Motivos de falência das startups:

✅ 38% Ficou sem DINHEIRO /não levantou capital
✅ 35% Sem NECESSIDADE no MERCADO — criou um produto/serviço que o mercado não quer/deseja
✅ 20% Perdeu para a CONCORRÊNCIA
✅ 19% MODELO de NEGÓCIOS com falhas
✅ 18% Desafios LEGAIS/regulamentações
✅ 15% Problemas com CUSTO/PRECIFICAÇÃO
✅ 14% EQUIPE errada
✅ 10% Produto fora do timing
✅ 8% PRODUTO ruim
✅ 7% DESARMONIA entre equipe/investidores
✅ 6% PIVOTAÇÃO errada
✅ 5% EXAUSTÃO /perda de paixão pelo negócio

👆🏻 Note que o principal motivo — desde que se tenha recursos necessários para colocar o negócio de pé — é a NECESSIDADE do PRODUTO/SERVIÇO no mercado. Ou seja a maioria das startups que tem dinheiro para existir, acabam falindo porque criam produtos e serviços que ninguém quer!

🚀 Isso mostra a importância de se garantir MARKET FIT antes de tentar escalar!

⁉️ E o seu produto/serviço? É necessário, querido, no mercado? O que aconteceria se eles desaparecessem hoje? Alguém sentiria falta? Quem?

Futuro dos Negócios
Ler conteúdo completo
Indicados para você