[ editar artigo]

Naturalmente artificial

Naturalmente artificial

Cá estamos entre números, datas e informações, mais do que conseguimos visualizar; quem dirá processar ou sobre elas ter algum insight que revele correlações relevantes.

É fato que a capacidade dos criadores foi ultrapassada pela das criaturas e, assim, temos um novo cenário competitivo: o poder da informação e no que ela economicamente representa.

No curso aprendemos que ainda temos um diferencial emocional em relação às capacidades já conhecidas de IA, mas até quando? Seremos nós uma materialidade do episódio "Obsessão por likes" de Black Mirror? Acho que não. Apenas se nos rendermos ao consumismo exagerado, focado apenas no capitalismo e "driveado" pela IA de uma forma que será insustentável a longo prazo.

Futuro dos Negócios
Ler conteúdo completo
Indicados para você