[ editar artigo]

1997 - Gattaca

1997 - Gattaca

 

O nome do filme em si já faz referência ao seu tema principal: manipulação genética -- o DNA é composto de quatro bases: guanina (G), timina (T), citosina (C) e adenina (A). A possibilidade tecnológica para configurar o DNA dos filhos, escolhendo as suas características traz inúmeras reflexões sobre a humanidade e seu futuro, incluindo questões sociais e éticas. É interessante lembrar que o mapeamento do Genoma Humano foi anunciado em 2000, alguns anos depois do lançamento desse filme. O livro O Sol, o Genoma e a Internet (Freeman Dyson, 1999) complementa de forma interessante a discussão sobre o assunto, inclusive a clonagem humana. Um dos principais pontos referentes à manipulação genética é que como qualquer tecnologia, ela primeiro tende a estar disponível para quem tem dinheiro, o que possibilitaria que um grupo privilegiado de pessoas pudessem pular algumas etapas de evolução natural, enquanto outras não, e isso tenderia a causar tensões entre esses grupos no planeta.

Algumas obras subsequentes que discutem o assunto, focando em clonagem por diferentes ângulos são A Ilha (filme, 2005) e O 6o Dia (filme, 2000). O mesmo tema -- exploração da manipulação genética -- discutido de forma mais ampla e com ênfase nas suas consequências, já havia sido abordado anteriormente com bastante sucesso em Jurassic Park (filme, 1993).

10 coisas que você não sabia sobre GATTACA

 

 


 

Conheça todos os filmes/séries digitaisConheça todos os filmes/séries digitais

Filmes Digitais

Futuro dos Negócios
Ler conteúdo completo
Indicados para você