[ editar artigo]

2010 - Chatroom

2010 - Chatroom

 

Em 2010, dois filmes foram lançados tendo como tema principal a discussão de relacionamentos online – Chatroom e Trust. Ambos são excelentes nas reflexões que causam. No caso de Chatroom, o questionamento fica por conta da manipulação que algumas pessoas conseguem exercer sobre outras no ambiente digital, permitindo a criação de personagens com agendas específicas, que são usados como máscaras nesses ambientes – esse é o caso de William em Chatroom.

Conforme nossos relacionamentos são cada vez mais interfaceados por tecnologia, esse tipo de reflexão torna-se extremamente importante. Nas relações face a face, além do que é falado, recebemos diversos outros sinais não-verbais, responsáveis por mais de 70% da informação que constrói a comunicação. Essa dimensão não-verbal é muito enfraquecida nos ambientes digitais, dificultando o estabelecimento do processo de validação e confiança da informação. Somando-se a isso, nos ambientes presenciais, torna-se muito mais difícil de se manipular informações presentes na comunicação – por exemplo, uma pessoa de meia idade teria muito mais dificuldade de se passar por um adolescente no mundo presencial do que no ambiente online digital. Assim, habilidades como validação da informação e pensamento crítico são cada vez mais essenciais para sobrevivência no mundo, que é cada vez mais digital.

 

 


 

Conheça todos os filmes/séries digitaisConheça todos os filmes/séries digitais

 

Filmes Digitais

Futuro dos Negócios
Ler matéria completa
Indicados para você