[ editar artigo]

Blockchain e logística, o casamento perfeito

Blockchain e logística, o casamento perfeito

No artigo anterior, introduzi de maneira breve os conceitos básicos da tecnologia Blockchain e comentei que ele era apenas o primeiro de uma série. Hoje, parto para o segundo texto dessa série e falo sobre o casamento perfeito que aconteceu entre Blockchain e logística. Esse é mais um daqueles casos em que uma invenção acaba servindo a outros propósitos além do original.

Mantendo em mente os conceitos de uma rede Blockchain que foram discutidos anteriormente, podemos fazer um exercício mental para tentar relacionar a tecnologia à logística. Fica evidente que a capacidade de manter um registro imutável e confiável de uma informação qualquer é extremamente valioso para as cadeias logísticas.

A logística é um ramo de negócios que notoriamente enfrenta diversos desafios, como rastreabilidade, confiabilidade, prazo, segurança, burocracia, entre outros.
A maioria desses desafios já é tratada dentro de uma rede Blockchain. As redes atuais não estão mais limitadas somente a moedas digitais, mas também ao que chamamos de assets, ou seja, qualquer tipo de bem ou até mesmo somente uma determinada informação. Na logística, é fácil definir o que é um asset: é o bem que se deseja transportar.

Como a Blockchain ajuda, na prática, com o transporte desses assets? Do momento em que o remetente inicia o processo de transporte até o seu destino, cada movimentação, geolocalização, status, documentação, relatórios etc. pode ser enviado à Blockchain, mantendo um registro contínuo e inviolável de todos os passos do asset em trânsito. Essas informações podem ser enviadas à rede tanto manualmente como automaticamente por meio de sensores e dispositivos conectados à Internet, mostrando aqui um vínculo direto entre IoT e Blockchain, conferindo ainda mais confiabilidade e agilidade nos processos.

Exemplo de rastreio de um produto farmacêutico com Blockchain

Fonte: BLOCKCHAIN IN LOGISTICS - Perspectives on the upcoming impact of blockchain technology and use cases for the logistics industry (DHL Trend Research, 2018)


Para melhor ilustrar o potencial da tecnologia de Blockchain aplicada à logística, selecionei um caso de uso muito interessante da empresa suíça SkyCell. A SkyCell é uma fabricante de contêineres para o transporte de produtos que necessitam de um controle de temperatura muito rígido, como os biofármacos. Uma pequena variação de temperatura pode comprometer todo o lote desse tipo de fármaco, que é basicamente material biológico.

Contêiner com controle de temperatura por IoT e Blockchain da SkyCell


A SkyCell, através da utilização de dispositivos eletrônicos, sensores de temperatura, baterias e IoT, desenvolveu uma solução utilizando Blockchain para acompanhar de forma transparente e confiável as condições internas dos contêineres. Os clientes têm a segurança de terem a informação real e imutável na Blockchain, ao mesmo tempo em que acompanham as condições do produto durante o transporte. Com esse controle, a SkyCell conseguiu atingir uma taxa de desvio de temperatura menor que 0,1%, representando uma diminuição significativa nas perdas.

Esse é apenas um dos muitos casos de uso da Blockchain na cadeia logística, mas já é possível ter uma dimensão do potencial da tecnologia nesse ramo de negócios. 

No próximo artigo, falarei como a Blockchain aliada à tecnologia de RFID pode ajudar no controle de processos de produção na indústria.

 

 

 

 

 

 

 

 

Indústria do Amanhã

Futuro dos Negócios
Anderson Felippe
Anderson Felippe Seguir

Engenheiro sênior atuando na área de desenvolvimento de sistemas embarcados e soluções em IoT para mineração na Bosch Integrated Solutions Brazil. Mestrando na área de Blockchain e buscando compreender como ela pode ajudar a moldar o nosso futuro.

Ler conteúdo completo
Indicados para você