[ editar artigo]

Inteligência Artificial na Prática - Caso OLIVE DIAGNOSTICS em Análises Clínicas

Inteligência Artificial na Prática - Caso OLIVE DIAGNOSTICS em Análises Clínicas

Apresentei recentemente o caso IA da Finesse na área de moda e o caso IA da Unilever em recursos humanos, agora apresento resumidamente o caso IA da Olive Diagnóstics e seu dispositivo baseado em vaso sanitário que usa IA para monitorar biomarcadores para cálculos renais, infecções do trato urinário e insuficiência cardíaca.

A Olive Diagnostics foi fundada por dois amigos, Guy Goldman e Corey Katz, que reconheceram a necessidade de ferramentas simples de diagnóstico de saúde que forneçam às pessoas informações sobre as funções do próprio corpo de forma contínua. A missão da empresa é ajudar as pessoas a sustentar e criar estilos de vida mais saudáveis, fornecendo-lhes informações práticas sobre seus próprios dados pessoais de saúde. Queremos que as pessoas em todo o mundo tenham acesso aos seus próprios dados de saúde e se sintam confiantes em cuidar de seus próprios cuidados de saúde.

Contexto e Problema

Há uma necessidade de coletar e analisar a urina de forma mais rápida, para atender principalmente idosos, para acelerar diagnósticos e soluções de saúde, que possam melhorar a qualidade de vida e de atendimento.

A empresa queria monitoramento contínuo e poder alertar os usuários sobre problemas pré-sintomáticos, ou seja, algo que esteja ocorrendo antes mesmo que os sintomas ocorram.

A Solução KG da Olive Diagnostics  

A partir desta necessidade, a Olive Diagnostics criou o KG, um dispositivo óptico não invasivo baseado em IA que pode ser montado em qualquer vaso sanitário.

De acordo com a empresa, ele pode ser usado em qualquer casa ou clínica do mundo para detectar com precisão biomarcadores para condições médicas e doenças, incluindo certos tipos de câncer relacionados à próstata, ovários ou rins; insuficiência cardíaca; desidratação; pedras nos rins; e inflamação na bexiga urinária. KG pode identificar 3.100 moléculas na urina, como glóbulos vermelhos, proteína, cetona e creatinina, bem como outras características da urina, como volume, pressão, cor e frequência, informou a Olive Diagnostics.

Usando a tecnologia de IA baseada em nuvem, o KG calcula as concentrações de moléculas por meio de algoritmos proprietários, analisa e rastreia os dados coletados e alerta os usuários sobre quaisquer alterações ou anomalias.

Referências

  • Toilet-Based Device Uses AI to Monitor Biomarkers for Kidney Stones, UTIs, & Heart Failure (MddiOnline - feb/2022)

Artigos relacionados

 

Futuro dos Negócios
Nei Grando
Nei Grando Seguir

Com um olhar no futuro, sou apaixonado por tecnologia e entusiasta de negócios. Mentor, palestrante, consultor, ... Tive duas empresas de TI, sou mestre em ciências (FEA-USP) com MBA (FGV), organizador e autor do livro Empreendedorismo Inovador.

Ler conteúdo completo
Indicados para você